Olá visitante

Aqui contamos um pouco sobre esta região maravilhosa da Costa da Lagoa dos Patos onde o belo e tranquilidade se encontram e maravilham nossos visitantes

A respeito de Arambaré

Arambaré inicialmente chamava-se "Barra do Velhaco", por estar situada na Foz do Arroio Velhaco.

Em 1682, jesuítas espanhóis, aproveitando que os bandeirantes estavam ocupados na extração de ouro e pedras preciosas.

Nesta localidade, conhecida desde os tempos coloniais de 1714, moravam índios com costumes especiais , enfeitavam-se com as penas das aves que criavam, e por isso foram chamados de Patos.

Eram os índios Arachas, não é uma tribo , também conhecidos como Arachanes ou Arachãs. que significa os que lutavam contra os charrúas.

No atual município vizinho de Sertão Santana, havia uma redução da erva mate.

No município de Tapes havia ainda uma fazenda de gado no Morro da Formiga, margem direita do canal de Itapoá (nome que significa pedra redonda).

Em 1752 essas reduções foram arrasadas pelo exército português, mas o gado jesuítico permaneceu como gado xucro e selvagem espalhado pela região. 

Por volta de 1763 casais açorianos vindos para o sul estabeleceram-se na margem esquerda do estuário do Guaíba e na margem direita da Lagoa dos Patos, fundando fazendas e charqueadas até o Rio Camaquã.

Os rios e a lagoa foram às cercas naturais e assim se formou as condições favoráveis para um grande rebanho conhecido hoje e dando origem ao "gado velhaco". O gado foi chamado de "velhaco" ou "zaino", que significa "que age com dissimulação e ardil; esperto, matreiro, astucioso".

Então a região ficou conhecida por "Barra do Velhaco", por estar situada na Foz do Arroio Velhaco.

Em 1938 passou a denominar-se "Paraguassu", que em tupi-guarani significa:
1. "Rio grande" (longo) (pará + guaçu);
2. "O cocar grande" (paraguá + açu); 
3. Nome de uma índia, filha do chefe Tupinambá, que se casou com Diogo Alvares, o Caramuru, em 1531, recebendo no batismo o nome de "Catarina".

 

Em 1945, adotou o nome de "Arambaré". Em uma tradução poética , não ortográfica "O sacerdote que espalha luz". Arambaré em tupi-guarani significa : ¨bruma, névoa¨.

Desde essa época, os habitantes do então distrito de Arambaré, uniram-se na busca do desenvolvimento através da agricultura, da pecuária e sobretudo pelo grande potencial turístico e pela beleza natural da localidade, emancipada em 20 de março de 1992 do município de Camaquã e de parte do município de Tapes.

Call 

123-456-7890 

Email 

Follow

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Instagram